Palheta do limpador do para-brisa Chevrolet Celta - Vidros

Ord.Ordenarde A-Zde Z-Apelo menor preçopelo maior preçopelos mais relevantes


CHEVROLET


Uma montadora de carros sustentável com tecnologia de ponta do começo ao fim

Quando falamos do setor automotivo, pensamos no potencial que o mercado de carros no Brasil vem demonstrando nas últimas décadas. A medida que a infraestrutura das grandes cidades se desenvolve, a exigência por meios de transporte mais eficientes cresce na mesma proporção. Com a Chevrolet este cenário não é diferente.

Pertencente ao grupo General Motors, a montadora de carros Chevrolet rapidamente ganhou status em terras nacionais pela qualidade dos componentes empregados em uma variada gama de carros da Chevrolet como uma das principais montadoras de carros no Brasil.

Para conseguir conquistar esse status, a Chevrolet do Brasil percorreu um longo caminho, baseado na constante necessidade de se reinventar diante dos seus concorrentes, cada vez mais engajados com temas como sustentabilidade, eficiência energética e, sobretudo, tecnologia.

Muito mais do que uma montadora de carros, a Chevrolet tem investido, ano após ano, em soluções que tornem a fabricação dos seus veículos mais eficiente em termos tecnológicos e sustentáveis.

Segurança, conforto e proteção são alguns destes elementos presentes nos veículos da linha Chevrolet, desenvolvidos por um corpo de profissionais altamente capacitados e treinados na fábrica Chevrolet.

A Chevrolet se destaca como uma montadora de carros presente no cotidiano de milhares de pessoas apaixonadas pelos automóveis modernos e tecnológicos.


CELTA


Um carro compacto, popular e barato

O Chevrolet Celta foi lançado no ano 2000, fruto de um projeto que tinha como inspiração o Corsa, outro automóvel da montadora.

Com carroceria compacta, painel de instrumentos simples e revestimento interno básico, esse automóvel oferecia uma boa relação custo-benefício para um quem buscava pelo seu primeiro carro, sem precisar gastar muito.

Produzido em larga escala na cidade de Gravataí, no Rio Grande do Sul, o Celta contava com acabamento externo de linhas e contornos suaves, para-choque e moldura de grade na cor preta.

Do lado interno, o painel consistia em uma peça única, feita de plástico duro. Já os bancos eram confeccionados em tecido e espuma, o que lhe conferia um aspecto mais simples.

O quadro de instrumentos do carro Celta também era básico, apenas com velocímetro e marcadores digitais de combustível e quilometragem. Quem quisesse equipar o veículo com outros acessórios, como vidros e travas elétricas, além protetor de cárter e rodas maiores, tinha de ir até a concessionária para instalá-los.

Felizmente, por conta dessa simplicidade do Chevrolet Celta, a montadora decidiu, em 2003, adicionar a opção de motor 1.4, acrescentando mais potência para o automóvel, melhorando seu desempenho e performance.

Em 2004, foram apresentadas três versões diferentes do Celta: Life, Spirit e Super.

Life era o modelo mais simples, oferecendo apenas tacômetro, relógio digital, para-choques sem pintura e rodas de 13 polegadas, o Celta Spirit possuía protetor de cárter, limpador de vidro traseiro e para-choques na mesma cor da lataria do veículo.

A versão Super, com motor 1.0, era a mais equipada e moderna de todas, com painel central iluminado, aliado ao revestimento interno dos bancos mais caprichado.

Mesmo com o surgimento dos três modelos citados anteriormente, a Chevrolet decidiu fazer mais uma mudança na arquitetura do seu compacto, em 2006. Mais profunda, a nova reestilização do Celta apresentava uma automóvel mais moderno, tanto por dentro quanto por fora.

Os faróis dianteiros e lanternas traseiras receberam novos contornos, assim como a grade e emblema da GM, que ganharam destaque. O interior também contava com mudanças, como um novo desenho no painel, além de revestimento com acabamento mais caprichado nas porta.

Em 2011, o Chevrolet Celta passou por uma nova reestilização, com a adição de uma barra central mais fina, além do emblema da montadora na cor dourada. Já as lanternas do veículo ganharam lentes mais escuras. Do lado de dentro, o volante já não era mais o mesmo e o painel de instrumentos adotava a cor azul, a mesma do Agile.

Surgiam, assim, as versões LS e LT. A primeira era comercializada com duas e quatro portas, com quadro de instrumentos e câmbio com aspecto mais esportivo. O motor funcionava tanto a álcool quanto a gasolina. Já o Celta LT, modelo topo de linha, possuía quatro portas e era equipado de fábrica com uma série de itens, como ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricas. Graças à tecnologia flex, podia ser abastecido com álcool ou gasolina, garantindo um excelente custo-benefício.

Com a chegada do ano de 2015, o Chevrolet Celta foi substituído pelo Onix, seu sucessor, interrompendo a sua produção no mercado automotivo.


PALHETA DO LIMPADOR DO PARA-BRISA


Invista na sua segurança em dias chuvosos

Seja na ida ou na volta do trabalho, da faculdade ou outro destino diário, podemos ser surpreendidos por uma chuva mais leve ou um temporal inesperado. Para auxiliar na visibilidade do trânsito e diminuir o risco de acidentes, é preciso que a palheta do limpador de para-brisa esteja em boas condições de funcionamento.

Localizada na base do vidro dianteiro, a palheta de para-brisa é responsável por remover a água acumulada sobre a superfície do vidro, liberando a visão do motorista para cumprir seu percurso com mais tranquilidade.

No entanto, diferentemente de outros componentes e acessórios automotivos, esse item recebe pouca atenção e cuidado, o que diminui a sua vida útil.

Uma palheta de carro mal cuidada tende a trepidar com frequência, quando é acionada, aumentando as chances de causar riscos no vidro. Além disso, ao invés de limpar sua superfície, vai deixá-lo ainda mais embaçado, dificultando a visibilidade e elevando a possibilidade de ocorrer um acidente.

Estima-se que a palheta do limpador dure cerca de um ano, caso sejam tomados os devidos cuidados, como constante higienização do material, seja ele de silicone ou borracha.

Outro ponto que não deve passar despercebido é o que é colocado no reservatório de água do para-brisa além de água. Alguns produtos químicos podem estragar a palheta.

Faça uma manutenção periódica nesse item. Trafegar com a palheta em mal estado é considerado multa grave. Proteja o seu bolso e invista sempre na segurança de todos!


ÚLTIMAS PÁGINAS E PRODUTOS VISITADOS
Chevrolet - Celta - Vidros - Palheta do limpador do para-brisa

JOCARA LOJA DO SEU CARRO
Central de atendimento
De 2ª a 6ª das 8:00 às 18:00 e sábado das 8:00 às 17:00
(horário de Brasília) - exceto feriados.


Telefone: (11) 3797-0777

Links úteis
A empresa e nossas lojas
Política de pagamento
Política de segurança e de privacidade
Trocas e devoluções
Minha conta
Meus pedidos
Central de atendimento
Mapa do site
Siga a Jocar


Blog  Facebook  Google+    Twitter  YouTube  
Nossas lojas em São Paulo-SP
LAPA - Rua Guaicurus, 87
PIRITUBA - Av. Gal. Edgar Facó, 1225
BUTANTÃ - Av.Corifeu de Azevedo Marques, 2657


Site: www.jocar.com.br
Razão social: Jocar Peças e Acessórios para Veículos Ltda
CNPJ: 43.130.186/0005-30
Inscrição Estadual: 140.063.403.110
E-mail: sac@jocar.com.br
Os preços e condições de pagamento são válidos somente para compras realizadas no site, ou seja, nas nossas lojas físicas são diferentes.
Os preços podem sofrer alterações sem aviso prévio.
A maioria das peças e acessórios que vendemos online neste site não são dos construtores dos veículos. Alguns produtos são das mesmas indústrias que fornecem para as montadoras, outros não.
Somente as peças que são da própria montadora aparecem com a descrição "Original" na descrição do produto. O uso das marcas e nomes das montadoras apenas serve para determinar o modelo do veículo sobre o qual se deve aplicar as referidas peças.